Marte nas casas: Marte na casa 1 ou Ascendente

label

Marte na casa I
marte casa 1

Como você é confiante, arrogante, combativo, ativo e impetuoso, pode ter uma tendência a se acidentar. Sua grande força física e sua energia
dinâmica fazem com que você entre de cabeça nas coisas; é preciso controlar sua impaciência e aprender a usar construtivamente suas energias. 

Como é prático e empreendedor, tem boa capacidade organizacional. Se Marte tiver
aspectos desafiadores, você pode ter cicatrizes na cabeça ou no rosto, e existe o risco de haver violência na sua vida.

O melhor de quem tem Marte na 1 - é que se trata de pessoas autênticas, espontâneas e revitalizantes. Sem parecerem bruscas ou rudes demais, elas podem ser honestas e confiam em si mesmas, tendo a coragem de respeitar suas próprias prioridades em vez de ficar fazendo o papel dos outros. Elas conseguem enfrentar a vida de cabeça erguida. 

Em vez de ficar esperando as coisas acontecerem, pessoas com este posicionamento tendem a tomar a iniciativa. Marte na 1ª Casa é mais notado quando está num signo de Fogo, mas mesmo num signo de Água, como Câncer e Peixes, vai evidenciar uma presença forte quer falem quer se mantenham calados. Se pessoas com este posicionamento parecem tímidas ou desconfiadas então os outros aspectos do mapa estão impingindo suas impressões sobre ele e devem ser examinadas. 

Em alguns casos, eles têm de ser lembrados de que é permitido lutar pelo que querem na vida em vez de manipular às escondidas os outros para lhes darem o que desejam. A necessidade de serem os donos de seu próprio destino é normalmente forte e eles vão enfrentar todo tipo de acidente para satisfazer seus desejos. 

O duque de Windsor, que abdicou da coroa para casar com a mulher que ele amou, nasceu com Marte em Áries na 1ª. Ernest Hemingway obcecado por provar ao mundo que ele era a epítome do "verdadeiro homem", tinha Marte em Virgem na 1ª. 

Outro bom exemplo deste posicionamento é o existencialista francês, o escritor Jean-Paul Sartre nascido com Marte em Escorpião na 1ª Casa. Ele baseou todo o seu acesso ao mundo (1ª) na premissa de que somos inteiramente responsáveis por nossas próprias vidas — não só por nossas ações mas também por nossas falhas ao agir. Para ele, apenas o indivíduo foi o criador e nada no mundo tem significado exceto em termos de como alguém o organizou. 

Veja também: Planetas nos signos e nas casas ; Marte nos signos e Marte nas casas .
Mostre aos amigos :

Veja também



sentiment_satisfied Emoticon