Plutão nas casas: Plutão na casa 10

Plutão na casa X
plutao casa 10

Você é arrogante, determinado e disposto a lutar contra a autoridade, se necessário para atingir seus objetivos. Forte, corajoso e tenaz, pode ser que seja um ditador, um inovador, um planejador ou um inventor. Com aspectos desfavoráveis, sua insistência na autodeterminação pode beirar a megalomania. 

Você é um líder em seu círculo ou em sua profissão, e pode tanto ser amado como odiado, mas nunca é ignorado. Você tem uma necessidade obsessiva de ser o melhor e de brilhar mais que os outros ao seu redor. Um perfeccionista, você se exige implacavelmente: Ë capaz de apresentar suas idéias de maneira lúcida e eloquente. Com aspectos desfavoráveis, pode ser um farsante, vingativo, sádico e trapaceiro.

Se tomamos a 10ª Casa como representando a mãe, então Plutão nesta posição pode mostrar uma mãe sombria, ameaçadora e capaz de destruí-los. Ela pode ser considerada uma bruxa, ou alguém primitivo, rude e manipulador. Eles tendem a sentir na mãe um ódio intenso e uma frustração ou sexualidade contida emanando dela. Sentem como se a mãe estivesse sempre ali, observando-os, mesmo que não esteja fisicamente presente. Enfim, ela é considerada perigosa e não confiável. 

No entanto, na realidade, ela pode não ser esse tipo de pessoa, mas a criança com Plutão nessa casa, em certos casos pode vivenciá-la predominantemente desse modo. Ou às vezes a morte prematura ou a perda da mãe são a raiz de futuros problemas na vida. Como já foi dito na análise geral da 10ª Casa, nossas primeiras experiências com a mãe (nosso primeiro invólucro) contribuem para a maneira como vamos nos relacionar com o invólucro maior da sociedade. 

Se a imagem associada a uma mãe plutônica negativa é projetada no mundo, então essas pessoas vão temer que o mundo seja um lugar perigoso que tentará destruí-los. Alguns com esse posicionamento tendem a reagir a isso fugindo da sociedade e tendo o menor contato possível com o mundo. Outros compensarão o pavor de serem devorados com uma necessidade obsessiva de poder e de controle sobre os outros. Tentando conseguir novamente o sentido perdido da onipotência infantil, eles desejam estender seus territórios de influência o máximo possível sobre o mundo. 

Se eles é que mandam, quando eles são a autoridade, então se sentem seguros. Sua necessidade de poder pode ser tão premente que quaisquer meios justificarão a realização dos fins, como no caso do presidente Nixon, com Plutão na 10ª Casa. Ali também existe a desconfiança de quem quer que tenha autoridade sobre eles, um desejo de derrubar e destruir os que mandam antes que seja tarde. Por todas essas razões, quem tem Plutão na 10ª Casa sente a necessidade de reavaliar e de chegar a um entendimento mais profundo de seus motivos psicológicos ocultos de ambição, poder e sucesso mundano.

É claro que a descrição acima é uma explicação unilateral de Plutão projetada negativamente. É possível que a mãe tenha uma associação positiva com Plutão. Ela poderia ser vista como a grande doadora de vida, e 304 vivenciada como fonte de conforto e de apoio excepcionalmente forte em todas as contingências do dia-a-dia. 

Algumas pessoas que conheço com este posicionamento observaram a mãe defrontar-se com sucesso com uma crise pessoal ou com um profundo trauma, e ficaram mais impressionados com sua habilidade de lidar com a adversidade e de sair mais renovada e regenerada. A mãe tornou-se então o protótipo positivo para futuras experiências desafiadoras com as quais tiveram de se defrontar. Desse modo, como adultos, com Plutão na 10ª Casa, desenvolveram qualidades de firmeza, vontade e resistência em relação aos outros. 

Veja também: Planetas nas casas e nos signos  Plutão nas casas e Plutão nos signos .
Mostre aos amigos :

Veja também



sentiment_satisfied Emoticon