Facebook Twitter Google RSS

19 de junho de 2016

Arcanos Maiores - A justiça - Carta VIII

Eduardo Klinger     14:28  

Interpretação da carta da Justiça no Tarô

Você aprenderá sobre a carta do Tarô A Justiça VIII:

    Arcano maior A justiça VIII
  • Ornamento comum
  • Palavras-chaves
  • Simbolismo da carta da Justiça VIII
  • Significado da carta da Justiça VIII
  • Características da carta da Justiça VIII
  • Atributos da carta da Justiça VIII


Ornamento comum:

  • Uma mulher sentada em um trono
  • Uma balança na mão esquerda
  • Uma espada na mão direita

Palavras chave:

  • Equilíbrio
  • Parcialidade
  • Decisão
  • Integridade
Observação: Nos baralhos ilustrados com o padrão de Rider-Waite (1910), esse arcano é marcado com o número 11, mas como a análise é do baralho mais antigo, faremos o estudo de acordo com o baralho de Marselha.

Simbolismo da carta da Justiça VIII

Arcano maior A Justiça VIII                   A Justiça VIII evoca situações bem familiares à nossa rotina: Justiça pessoal, social e divina. Essa imagem define o próprio arcano, tais como as ideias de responsabilidade, limite, cautela e atenção. Vale lembrar que as leis aqui tratadas não são as falhas leis dos homens, mas um acerto de contas, pois tudo que vem por ela -esta carta- vem como consequência dos seus atos, é a lei do retorno.
                   A mulher, também um símbolo de passividade e reflexão, está sentada e ereta, denotando muita paciência e precaução. Em sua mão esquerda podemos ver uma balança, símbolo de justiça e equilíbrio da ordem social, já em sua mão direita podemos ver uma espada com a lâmina para cima, representando decisão, palavra, poder e morte. Nos tarôs mais antigos, vale a observação para os pratos vazios da balança, onde um peso -metáfora para atitude- pode causar desequilíbrio.

Significado da carta da Justiça VIII
Interpretação da carta da justiça VIII

                  Esse arcano maior sugere ponderação e reavaliação, é um momento de extrema cautela para as atitudes, deve reorganizar a vida e ter muita atenção com a conduta pessoal; também indica processos cíclicos, mudanças e, principalmente, uma nova ordem moral e social que deverá ser aplicada pelo próprio consulente.
                   A Justiça não nega qualquer realização, pode-se comprar, vender, casar, viajar mudar ou o que desejar, contudo, adverte para o conteúdo dos projetos, dos ideais, das promessas, pois existirão normas e condutas a serem assumidas. Observar os deveres é a única forma de passar ileso pela vida.

Características da carta da Justiça VIII

Significado da carta da justiça VIIIEssência: Reavaliar, arbitrar, resolver e equilibrar.
Definição: Cautela é a melhor palavra para essa carta, pois a busca do equilíbrio é a sua tônica, com alterações feitas pelo consulente. O sucesso é possível, mas ele solicita reavaliação dos planos para que não haja qualquer dissabor no resultado.
Advertência: Ter cautela, observar todos os prós e contras, não se precipitar e ponderar todas as opções, importante momento para reavaliar a conduta, rever projetos e eliminar excessos.


Atributos da carta da Justiça VIII


Material: Reavaliação e cuidado devem ser a tônica; definição de situações pendentes há muito tempo; aconselha-se estar em alerta nas realizações e buscar o justo e verdadeiro para todos.

Mental: Racionalidade, organização e rigor como meta principal; pragmatismo, imparcialidade ou busca pela a verdade que resulta em intransigência; expressão severa e corretiva, oralidade sem emoção.

Sentimental:  Distanciamento ou frieza afetiva; retidão que resulta em isolamento; redefinição e avaliação da relação, não deseja se envolver mais que o necessário; sem libido. Para os solteiros: Forte amizade. Para os casados: Falta de carinho e atenção.

Espiritual: Proteção, busca de harmonia e paz ou pela verdade. Disciplina e fé.



Negativo/Invertido: Abuso de poder, injustiça, acusações falsas; forte emoção causando brigas e rupturas; tendência ao fracasso, perdas ou prejuízos; inimigos estão com força para bloquear os desejos do consulente.



Obstáculo/Oposição: Falta de organização, de metas ou de discernimento do que se deseja atingir; a falta de capacidade de aumentar a autoanálise, medo de opinar e se posicionar diante dos obstáculos.



Orientação/Conselho: Ser mais racional e adotar uma linha de conduta imparcial; determinar ou revalidar os projetos de forma mais clara e objetiva.

Veja todas as outras cartas dos arcanos maiores: Veja aqui.
Veja todas as outras cartas dos arcanos menores: Veja aqui.

,

Quem sou Eu?

Astrólogo, Tarologo e graduando de Filosofia.

Já pensou?

RECEBA HORÓSCOPOS GRÁTIS

Acompanhe o site

Contact

Nome

E-mail *

Mensagem *

Proudly Powered by Blogger.