Facebook Twitter Google RSS

23 de setembro de 2016

Como consagrar instrumentos na wicca?

Eduardo Klinger     21:00  

Consagração de instrumentos


Este rito deve ser feito antes que qualquer ferramenta seja levada
para dentro do círculo a fim de ser usada em rituais ou mágikas. Geralmente
é realizado pelo proprietário da ferramenta, mas pode ser feito pelo Sumo
Sacerdote ou pela Suma Sacerdotisa caso a ferramenta seja para uso geral
do Coven. Ajoelhe-se na frente do altar, segure a ferramenta com ambas
as mãos, levante-a sobre a cabeça e diga:

Deus e Deusa, Senhor e Senhora, Pai e Mãe de toda a
vida. Apresento este (nome do objeto ou ferramenta) para
Vossa aprovação e peço que ele seja usado em Vosso serviço.

Coloque o objeto no altar e ajoelhe-se por alguns minutos, pensando
em como ele será usado. Mergulhe os dedos na água salgada e borrife o
objeto de todos os lados. Passe-o pela fumaça do incenso, virando-o de
modo que todos os lados sejam purificados, e depois diga:

Que a essência da terra, do ar, do fogo e da água limpe e
purifique este (nome do objeto) para que ele seja usado em
Vosso serviço. Assim seja.

Segure o objeto na palma de ambas as mãos por alguns minutos, concentrando
nele todos os seus pensamentos e suas energias, e diga:
Carrego este (nome do objeto) com os milhares de nomes de
nosso Senhor e de nossa Senhora e peço que Eles o aceitem
em Seu serviço. Assim seja.

Este é um rito que pode ser um pouco menos eficaz quando feito por
um Solitário, uma vez que envolve a formação de energia. Embora um
praticante Solitário possa obviamente fazer isso, e o faz quando lança um
encantamento, a intensificação de poder, como descrita aqui, em geral é
mais eficaz quando feita por todo um Coven.
Todos os participantes decidem antecipadamente o ponto central do
rito, que poderia ser a energia da cura para um membro do Coven ou um
amigo que esteja doente, ou a formação de uma energia de proteção, ou
qualquer outra coisa. Neste rito, você estará canalizando e direcionando
Intensificando o Poder

energia ou poder, puxado da própria Terra através do corpo coletivo dos
participantes do Coven. Este rito chega muito perto do encantamento, mas
acho que não se qualifica para o capítulo que trata desse assunto. Entretanto,
você estará ainda dirigindo energia a uma tarefa específica, e os efeitos
disto devem ser considerados à luz da Lei Wicca.

Em geral, o rito é dirigido pela Suma Sacerdotisa, que pode ficar em
pé no centro do círculo ou unir-se ao próprio círculo. Os participantes ficam
de pé e dão-se as mãos, andando vagarosamente ao redor do círculo na
direção horária. Enquanto fazem isso, a Suma Sacerdotisa dirige os presentes
em um canto que vai se intensificando aos poucos, cada vez que um giro
do círculo é completado. O canto pode ser qualquer coisa que todos saibam
de cor e tem o propósito de ajudar as pessoas a focalizarem sua porção de
energia na direção no centro do círculo.

 O canto pode ser simplesmente um
lamento que vai aumentando vagarosamente, ou palavras que tenham um
significado para todos. Um canto usado freqüentemente é chamado de Runa
dos Bruxos, no qual as últimas duas linhas geralmente refletem os nomes
do deus ou deusa patrono da Tradição:

Eko, Eko, Azarak
Eko, Eko, Zomelak,
Eko, Eko, Cernunnos,
Eko, Eko, Aradia.

Os participantes vão se movimentando cada vez mais depressa ao
redor do círculo, e o canto vai aumentando de intensidade. Quando três
circuitos do círculo forem completados, os participantes estarão quase correndo
e o canto se transformou em um grito. Quando sente que o pico da
energia foi atingido, a Suma Sacerdotisa detém vocalmente o movimento e
dirige os participantes no seguinte brado:

Pela mão de nossa Mãe, assim será!

Neste ponto, todos abaixam as mãos e levantam os braços em direção
ao céu, repetindo o brado três vezes. Todos os participantes e a Suma
Sacerdotisa caem ao chão, ancorando-se totalmente e permitindo que qualquer
energia residual flua de volta para a Terra. Este processo de ancoramento
pode levar vários minutos e é comum as pessoas sentirem-se fracas
ou quase exaustas por alguns minutos depois desta carga de energia.


Se quiser saber mais sobre ervas; Veja aqui!
Sobre correspondência lunar; Veja aqui!
Sobre as fases da lua; Veja aqui!

,

Quem sou Eu?

Astrólogo, Tarologo e graduando de Filosofia.

Já pensou?

RECEBA HORÓSCOPOS GRÁTIS

Acompanhe o site

Contact

Nome

E-mail *

Mensagem *

Proudly Powered by Blogger.